alegria

Dinheiro não compra felicidade?

Quem Disse que Dinheiro Não Compra Felicidade?

Por Robert J. Tamasy

Todas as culturas têm seus provérbios—ditados populares passados de geração em geração e aceitos como verdadeiros. Alguns, contudo, não expressam necessariamente a verdade. Vejamos, por exemplo, a afirmação largamente repetida: “Paus e pedras podem quebrar meus ossos, mas insultos nunca poderão me ferir”. Na verdade insultos—referências ásperas e insensíveis a outras pessoas—podem ferir sim, e geralmente os danos causados perduram por mais tempo que dores físicas causadas por algum objeto.

Outro adágio de veracidade questionável é: “O dinheiro não compra felicidade”. Pense um pouco! Você não fica feliz quando recebe um aumento de salário? E quando recebe um dinheiro que não esperava, isso não faz que sinta uma certa medida de felicidade? Você não fica feliz quando descobre que o objeto que quer vender vale mais do que pensava? Até mesmo a Bíblia reconhece que, “A riqueza traz muitos amigos, mas até o amigo do pobre o abandona... todos são amigos de quem dá presentes” (Provérbios 19.4,6). Certamente diante da escolha entre ter ou não dinheiro, todos escolheríamos tê-lo, não é?

Theme by Danetsoft and Danang Probo Sayekti inspired by Maksimer